Quatro curiosidades por trás da velha Praça do Cruzeiro

Palco de festas movimentadas no carnaval, foodtrucks para quem curte comidas artesanais e marcas de velas em memórias dos falecidos, a Praça do Cruzeiro é assim: de tudo um pouco! 

 

Com sua famosa cruz no centro, essa praça guarda algumas curiosidades e fatos importantíssimos pra construção de Brasília. Hoje, a gente vai mergulhar um pouco nessa história que poucos de nós conhecemos. Bora lá?

 

 

  • Cultura de Portugal persiste em Brasília

 

Sabe aquela famosa primeira missa realizada no Brasil pelos portugueses no litoral do sul baiano? A primeira missa em Brasília aconteceu justamente no mesmo dia, 457 anos depois. O palco desse evento, claro, era a Praça do Cruzeiro. 

 

A missa aconteceu em 3 de maio de 1957 para trazer um ar mais espiritual para a inauguração de Brasília e relembrar nossas origens. 

 

 

  • Ponto de encontro para planejar Brasília

 

Você sabia que foi na Praça do Cruzeiro que JK planejou os principais pontos do Plano Piloto em Brasília? 

 

Os primeiros encontros para a criação da satélite aconteceram na praça! De lá, saíram os planos para construção do Catetinho e do atual Palácio da Alvorada. Além disso, a mudança do Aeroporto de Brasília para o Lago Sul também foi pensada no mesmo lugar. Massa, né? 

 

 

  • Ponto de referência para pôr Brasília no mapa

 

Se você procurar bem, vai ver uma marcação em forma piramidal pintada de laranja a 38 metros da cruz fincada na praça. É o Vértice nº 8! A partir dele, foram definidas as linhas de latitude e longitude do Distrito Federal para sabermos dizer, naquele tempo, onde estava Brasília no mapa do Brasil.  

 

 

  • Uma (quase) praça dos Três Poderes

 

Um nome muitas vezes esquecido na construção de Brasília é o de José Pessoa Cavalcanti de Albuquerque. Chefe da comissão para reconhecer a localização da nova capital do Brasil no governo de Café Filho, teve os planos deixados de lado com a entrada de JK no poder. 

 

Mas era parte dos planos de José Pessoa fazer da Praça do Cruzeiro o ponto central de Brasília em um Plano Piloto alternativo, como a Praça dos Três Poderes funciona hoje, no Plano Piloto definitivo. Imagina só como as coisas seriam diferentes? 

WhatsApp Fale conosco pelo WhatsApp