Três perfis para inspirar uma rotina de autocuidado

O mês de setembro amarelo começou, e algumas informações já nos preocupam e pedem atenção. A Organização Pan-Americana da Saúde (Opas) alertou que uma pandemia silenciosa de casos de depressão e ansiedade pode surgir após a pandemia do coronavírus. 

 

Para completar essa informação, a Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP) informou que, durante a pandemia, cerca de 89% dos pacientes em tratamento viram os quadros psiquiátricos piorarem. 😔

 

Na hora de se ajudar e ajudar o outro, autoconhecimento é fundamental. Mas você sabe onde encontrar inspiração para esse processo complexo de conhecer a própria mente? 

 

Separamos estes três perfis que, além de falar de saúde mental, ansiedade e depressão, abordam constantemente essa relação consigo mesmo. Dá uma olhada:

 

  1. Daniel Duarte (@sigaosbalões) 

 

O Daniel é ilustrador e compartilha trabalhos incríveis no Instagram dele que te fazem refletir sobre como você tem tratado você mesmo. 

 

Os temas variam: ele fala sobre gentileza, autocuidado, relacionamentos, metas, frustrações. Mas tudo a partir de um trabalho que te faz ficar com o coração quentinho e mais sensível a como você e o outro estão. 

 

 

  1. Flor e Manu

Além de falar sobre relacionamentos e amor próprio no YouTube, o casal aborda constantemente questões sobre solidão, ansiedade, auto sabotagem e assuntos do gênero. 

 

O mais legal deles é que eles sabem dosar bem os vídeos: falam de coisa séria com um ar tranquilo e descontraído. 

 

É o caso desse vídeo aqui, ó. É um misto de reflexões e boas risadas:

 

  1. Monja Coen (@monjacoen)

 

Apesar de ser budista, a Monja Coen traz reflexões sobre saúde mental a partir de uma perspectiva espiritual geral. Além de ensinar meditação nos seus canais (tanto no Instagram, como no YouTube), ela divulga vídeos curtos que cabem em uma pausa rápida para o café. 

 

Como nos outros perfis, os assuntos variam entre ansiedade, autoestima e estresse, mas sempre seguindo uma ideia central: aprender a viver o agora. 

 

Separamos esse vídeo massa em que a monja fala um pouco sobre o processo de meditação dela. Muito massa pra quem curte meditação guiada. 

 

Se rodear de conteúdos leves assim faz bem para nossa mente, porque somos movidos a refletir mais sobre nós mesmos e como estamos nos sentindo. 

 

Mas nada disso substitui um acompanhamento psicológico ou psiquiátrico, certo? Por isso, coloque entre suas prioridades encontrar um profissional adequado pra te ajudar durante sua caminhada. 

 

A prioridade sempre será cuidar-se e cuidar de quem a gente ama. 💛

WhatsApp Fale conosco pelo WhatsApp