Dia Mundial da Conscientização do Autismo: conheça conquistas e obstáculos

Dia 2 de abril é o Dia Mundial da Conscientização do Autismo, dia de explicar pro mundo inteiro como é ser diferente, enxergar o mundo de outro jeito e ter o direito de ser feliz assim. Massa, né?

 

Pesquisas

Você tem um amigo ou parente autista? É bem provável que sim! Nos EUA, um levantamento deste ano mostrou que, a cada 54 pessoas, uma é autista. Em 2017, a Organização Mundial da Saúde (OMS) calculou que o autismo acomete uma a cada 160 crianças no mundo e que chegam a 70 milhões o número total de pessoas com transtornos do espectro autista (TEA). Dessas, estima-se que cerca de 2 milhões sejam brasileiras.

 

Infelizmente, no Brasil ainda não temos resultados desse tipo de pesquisa e o número de pessoas diagnosticadas é uma grande incerteza. Alguns estudos foram feitos ao longo dos anos, mas nunca concluídos em âmbito nacional. Isso mostra como nosso país ainda precisa garantir inclusão para pessoas do espectro. Mesmo sem números conclusivos, sabemos que essas pessoas fazem parte da sociedade e merecem ser olhadas com muito carinho e respeito. Só no ano passado passou a ser obrigatório por lei a inclusão de perguntas sobre autismo no censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

 

Leis

Há menos de uma década, em 2012, a Lei Berenice Piana instituiu a Política Nacional de Proteção dos Direitos da Pessoa com Transtorno do Espectro Autista. Já este ano, foi sancionada a Lei Romeo Mion, que cria a Ciptea: uma carteira de identificação de pessoa com transtorno do espectro para garantir atendimentos preferenciais e prioritários, principalmente na área da saúde, da educação e da assistência social.

 

Você sabe por que pessoas com transtorno do espectro autista (TEA) precisam de atenção especial? O jeito que elas se divertem, estudam, conversam ou praticam qualquer tipo de atividade não se parece muito com o que estamos acostumados comumente. Cada uma tem um jeitinho próprio de ver o mundo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *